domingo, 26 de fevereiro de 2017

CAMPEONATOS DISTRITAIS DE JOVENS 2017 - BRAGA

A nível  estão a decorrer os Campeonatos Distritais de Jovens e, o Distrito de Braga não perdeu a oportunidade  das de realizar este importante evento durante o curto interregno carnavalesco.
No escalão SUB08 particionam 3 jogadores José Lucas (Elo 1070), do CP Ronfe, o Rafael Guimarães (S/Elo) do CX João de Meira e Daniel Kiseve Oliveira (S/Elo) do CX Braga.
Quatro xadrezistas, sem Elo FIDE, jogam no escalão SUB10, em que AX Barcelos, está representado pelo Daniel Correia.  Mas não se vai aqui deixar de enumerar os outros jogadores, por ser a primeira vez que entram numa prova desta envergadura: Afonso Monteiro, do CX João de Meira, João Pedro Mendes e Bruno Peixoto do CP Ronfe.
O escalão SUB12 regista 13 jogadores, dos quais 7 possuem Elo. Deste grupo, apenas se vai destacar as participações de outros clubes, nomeadamente, o da A Didaxis, João Emanuel Silva (Elo 1083), do CX Afonsino, Afonso Teixeira  Abreu (S/em Elo), Marco Moreto (S/Elo) do CX  Ribeirão,  e a única presença feminina Helena Azevedo (S/Elo), também do CX Afonsino Referiremos, hoje, os outros escaquista neste escalão: Henrique Guimarães (Elo 1223), Tiago Fernandes (Elo 1109), Afonso Rodrigues (S/Elo), todos do CX João de Meira; Pedro Gil Silva (Elo 1472) José Abílio Mendes  (Elo 1095), atletas do CP Ronfe; Carlos Sampaio (Elo 1098), da A Didaxis; e, Diogo José da Silva (S/Elo)  do CX Afonsino.
No escalão Sub14 particionam 8 jogadores, os quais 6 possuem elo internacional. O escaquistas Duarte Sousa (S/ELO, do CX Afonsino e Maksym Yavorenko (S/Elo) da A Didaxis, pretendem, naturalmente, pontual no confronto com os jogadores que já registam força Elo. Neste conjunto, há 2 jogadores que esperam sair daqui campeões distritais: o José Miguel Santos (Elo 1493), a A Didáxis, e Orlando Ribeiro (Elo 1424) do CX João de Meira. Passamos também a enumerar os participantes deste grupo: Lucas Lomba (Elo 1213),  e José Soares  (Elo 1122), ambos do AX Barcelos; Tomás Monteiro (Elo 1170); Pedro Carvalho (S/1025), da A Didaxis.
O outro escalão já numeroso é o dos SUB 16 e que brilha contar com 5 jogadoras de xadrez. Dito isto, espera-se uma presença masculina no pódio, porque a atleta olímpica Ana Teixeira da Silva (Elo 1797), da A Didaxis, dominará facilmente esta série. Destacam-se 3 jogadores fortes neste grupo; Simão Barroso (Elo 1453), da A Didaxis), Ana Beatriz Ribeiro (Elo 1431), , e Bruno Mendes (Elo 1339), ambos do CX João de Meira. Os restantes jogadores sem elo, muito dificilmente, conseguirão pontuar contra os jogadores referidos, sairão daqui sem Elo FIDE, são eles Mariana Araújo, Maria Azevedo, João David Carvalho, André Filipe Silva, e Maria Susana Vale, jogam aaui pelo CX Ribeirão.
Os 3 xadrezistas com Elo FIDE, no escalão SUB18, ocuparão os lugares no pódio, dominado pelo atleta da AX Barcelos, Gonçalo Martins (Elo 1556). Será também difícil aos que não tem Elo FIDE pontuarem no confronto com os que já possuem. Conheçamos restantes jogadores que representam a A Didaxis: Carlos Azevedo (Elo 1280), Carlos Costa Campos, Vasco Araújo, Ricardo Chaves,  Gil Costa Jorge, e Jorge Miguel Costa.
No escalão maior, ou seja, no SUB20, a WCM Mariana Teixeira da Silva (Elo 1914), do A Didaxis será campeã absoluta.  Andreia Mendes (Elo 1151), da A Didaxis terá de algum cuidado apesar dos participantes sem Elo, Duarte Araújo Costa e Marcos Lima Matos (S/Elo) do CX Braga, não conseguirem aqui fazer um bloco FIDE, poderão arrebatar-lhe o 2º lugar.
Estes campeonatos decorrem nas instalações da Didaxis, do Vale de São Cosme, de 25 a 27 de fevereiro, organizados pelo clube de xadrez anfitrião e pela AXDB (Associação de Xadrez do Distrito de Braga).
Por último, merece referência especial o mais recente clube português federado, fundado pelo professor José Carlos Cunha, o Clube de Xadrez do Ribeirão, pelo que felicitamos e auguramos para que consiga muitos êxitos no futuro. Este clube e o de Rebordochão são dois dos que possuem mais jogadoras de xadrez federadas no País.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Werner Rupp: 1660 – CURIOSIDADE


O jogador de xadrez Werner Rupp nasceu aos 25 de fevereiro de 1958, na Suíça. Este xadrezista é dirigente no Clube de Xadrez de Lucerna . É responsável pelo projeto do Museu de Xadrez da Suíça. O xadrezista Werner Rupp possui 1399 pontos de Elo que o coloca em 1279º no ranking nacional.
Apresta-se congratular , com este xadrezista, os aniversariantes Linda Diaz, Shethura Mam P., Karen H. Grigoryan  Nurlan Ibraev, e Julio Ernesto Granda Zúñiga

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Os xadrezistas afonsinos da época 2016/2017

O Clube de Xadrez Afonsino, sediado na Escola Básica D. Afonso Henriques,  está registado pela AXDB (Associação de Xadrez do Distrito e Braga, na FPX (Federação Portuguesa de Xadrez), com o número C927, desde a época desportiva 2006/2007. Este clube possui nesta época desportiva 12 xadrezistas, dos quais seis já pontuam na lista mensal da FIDE.
O Mestre Nacional Fernando Castro, com o nº 1906887 da FIDE (Federação Internacional de Xadrez), com a força Elo de 2091 pontos, no ritmo clássico. É professor catedrático na Universidade do Minho e já desempenhou vários cargos de direção na AXDB e na FPX. Fundou o Grupo de Xadrez de Guimarães e o Clube de Xadrez dos “Amiguinhos do Museu Alberto Sampaio”. É árbitro distrital e organizou o primeiro Campeonato Mundial de Xadrez de Estudantes Universitários, que se realizou em Portugal.
José Manuel Teixeira, com o nº  1908480 da FIDE, regista a força Elo de 1416 pontos, no ritmo de semirrápidas  tem 1469 e no Blitz marca 1379 pontos. É licenciado em História e Ciências Sociais, pela Universidade dos Açores. Desempenha a atividade profissional como professor de História e  é também escritor. Fundou este clube escolar no estabelecimento de ensino onde leciona História e Geografia de Portugal. Como árbitro distrital arbitrou alguns jogos de campeonatos de jovens.
António José da Silva Oliveira, nº  1935810 da FIDE, apresenta a força Elo de 1281 pontos; no ritmo de semirrápidas  possui 1239 e no Blitz detem 1288 pontos. Foi estudante neste estabelecimento de ensino e, atualmente, frequenta a Escola Secundária Francisco de Holanda, de Guimarães. Nos tempos livres dedica-se também ao Escutismo.
Rosa Daniela Oliveira Martins, nº  1934015 da FIDE, possui no ritmo Clássico  1181 pontos, no de semirrápidas regista 1190. Foi campeã distrital Sub 16 e Sub 18 e, no ano de 2015, foi também vice-campeã nacional, pelo  escalão sub18. Frequentou a Escola Secundária Francisco de Holanda e, presentemente, é estudante na Escola Profissional Cenatex, em Guimarães.
Lino Silva Pinto, nº 1955128 da FIDE, possui já 1040 pontos de Elo no ritmo de rápidas, que alcançou no Torneio da Liberdade do  "25 de Abril", realizado em Braga, no ano passado. É licenciado em direito, pela Universidade do Porto e desempenha funções na advocacia, nos escritórios  que administra.
Diogo José Batista da Silva tem o nº  1955136 da FIDE. Este jogador de xadrez possui 1052 pontos de Elo no ritmo de rápidas ou Blitz. É ainda estudante na Escola Básica D. Afonso Henriques e vai participar nos próximos Campeonatos Distritais de Jovens onde pretende, pelos menos, conseguir Elo FIDE no ritmo clássico.
Outro xadrezista do clube que vai participar nos Campeonatos Distritais de Jovens  é  Afonso Teixeira Abreu, nº  1955047 da FIDE, que espera naturalmente fazer pelo menos um bloco FIDE. É também afonsino António José Coelho Nunes, nº 1957082 da FIDE, que está à espera de poder participar numa prova com os do seu escalão etário, para mostrar o muito que já sabe nesta disciplina. O jovem Duarte Miguel Cunha Sousa, Nº 1955144 da FIDE, que também estuda na Escola Básica D. Afonso Henriques, procurará nestes Distritais de Jovens obter Elo FIDE, que lhe tem escapado. A segunda jogadora do CXA,  Helena Fernandes Azevedo, nº 1955071 da FIDE, que é também estudante na Escola Básica D. Afonso Henriques, espera nesta oportunidade, fazer bloco FIDE e vê ainda, a possibilidade de  tornar-se Campeã Distrital Feminina. João Alexandre Coelho Nunes, nº 1957090 da FIDE, espera de poder participar num torneio para mostrar como joga ao nível dos do seu escalão etário. Finalmente, o João Eduardo Barão da Luz, nº 1955721 da FIDE, que é estudante na Escola Básica do Alto da Bandeira, do Agrupamento D. Afonso Henriques, e é o mais novo xadrezista federado neste clube.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Inna Ivakhinova: 1659 – CURIOSIDADE

A jogadora de xadrez Inna Ivakhinova nasceu aos 23 de fevereiro de 1989, na Rússia. Em 2007, esta bela xadrezista tornou-se Mestre Internacional Feminina e, 5 anos depois, foi distinguida com o título de Grande Mestre Internacional Feminina, em 2012, pela FIDE.
A WGM Inna Ivakhinova possui 2272 pontos de Elo que posiciona em 38º lugar no ranking feminino da Rússia.
Antes do último ponto final regista-se aqui as congratulações a estas escaquista pelo aniversário que hoje celebra, extensivas ao xadrezista brasileiro Eduardo Dotorivo de Sousa.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

ANDRÉ SOUSA É JÁ MESTRE INTERNACIONAL


O jovem jogador de xadrez FM André Ventura Sousa, do Grupo Desportivo Dias Ferreira, de 16 anos, participou na última edição o Open de Portugal, em que se classificou em 14º lugar. Nesta competição estiveram a jogar 170 xadrezistas e 3 federações. O xadrezista André Sousa conseguiu fazer 6,5 pontos, nas 9 rondas, que lhe permitiu realizar a 3ª norma, a que lhe faltava de tornar mestre internacional. Precisa também de amealhar pontos de Elo para atingir o 2400. Mas a partir da lista de março passará a ter a partir de março. O atual 8º xadrezista mais forte no ranking nacional junta-se assim aos mestres internacionais pela mesma titulação que Jorge Ferreira Viterbo, Rui Dâmaso, Rúben Pereira, Paulo Sérgio, Luís Santos, Paulo Dias, António Fróis  e Fernando Silva. Felicita-se o mais recente IM português e o clube que o apoia na sua brilhante carreira na arte de Caíssa.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

DORSA DERAKHSHANI EXPULSA DA SELEÇÃO FEMININA DO IRÃO

O Irão é um país extraordinário com um passado longo e brilhante. Como todas as grandes nações o seu tempo ficou recheado de guerras por todos os lados, desde há 2800 anos, com  a formação do reino por Elan, na Antiguidade. Este Estado que  assume uma das civilizações mais antigas e mais notáveis, prossegue até aos dias atuais com uma República Islâmica do Irão, ocupando um vasto território rodeado por fronteiras com vários países (Arménia, Azerbaijão, Paquistão, Rússia Cazaquistão, Afeganistão, Iraque e Turquia)  e ainda por grandes mares (o Golfo de Omã, o Mar Cáspio e o Golfo Pérsico). O Irão tem já 8 locais como Património da Unesco e ainda pode concorrer para mais outras destas distinções. Este país possui uma Constituição que estabelece às Religiões Islâmicas, Judaica e Cristã estarem representadas no hemiciclo. O seu território, com um subsolo riquíssimo  e uma população ultrapassando os 100 milhões, acolhe um mosaico de povos (persas, azerís, gilakis, curdos e baluches) e a respetiva panóplia de línguas. Tem o primeiro ciclo obrigatório e possui universidades em todas as cidades e com nomes sonantes em todos os saberes como o do poeta Sa´Adi ou do sábio Ibn Sina  de outros tempos, bem como nossos coetâneos (o pintor Maleki, o cineasta Asghar Farhadi, o físico Massoud Ali Mohammadi, a romancista Simi Daneshvar, etc.), assim como no xadrez (Morteza Zardast). O Irão  é a 38º potência no xadrez.
Este país tem patrocinado grandes eventos no xadrez feminino, e está com o Campeonato Mundial de Mulheres a decorrer em Teerão. Como em todo o belo tecido, seja ele até o delicado persa, de vez em quando também cai uma nódoa. Aconteceu ontem isso; um incidente com iraniana WGM Dorsa Derakhshani, uma jovem com palmarés já invejável que, por jogar sem véu ou hijab,  foi expulsa como representante da seleção do Irão.  Nas fotos que coloquei das participantes, na postagem sobre o Campeonato Mundial de 2017, o hijab dava um certa graça às lindas xadrezistas, mas não referi e nem quis aludir que havia por trás uma imposição religiosa para todas as jogadoras do uso este adereço religioso. Também reconheço às jogadoras que estão no direito de não aceitar, já que não obrigam os homens a competir com chapéu ou dulband. Sei também que o véu não incomoda, mas quando o panorama no tabuleiro se torna desfavorável, qualquer ruído, qualquer esferográfica que se recusa a escrever, até os óculos embaciam, e qualquer véu mesmo sendo bonito perturba  tornando-se desconfortável e naturalmente até irritativo! Aqui fica um registo como comentário redondo que compreende e aceita a atitude de uma futura campeã mundial; vaticinando para  que possa oferecer esse troféu a Espanha, onde reside! Recordo que Dorsa jogou na Ásia, onde se sentiu bem com o hijab e sem ele no Qatar, assim como no recente Festival de Xadrez de Gibraltar que lhe valeu a expulsão da seleção iraniana! Como complemento, o irmão Borna Derakhshani também já tinha sido expulso da seleção por ter defrontado um xadrezista de Israel.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Ana Srebrnic: 1658 – CURIUSIDADE


A xadrezista Ana Srebrnic nasceu aos 20 de fevereiro de 1984, na Eslovénia. Esta bel jogadora de xadrez, em 2006, tornou-se Grande Mestre Internacional Feminina e , a partir de 2010, enveredou pela arbitragem também e, em 2014, juntava ao titulo de Árbitra Internacional o de treinadora FIDE. A WGM Ana Srebrnic regista 2189 pontos de Elo que lhe garante o 4º lugar no ranking feminino esloveno.
Aproveitamos para felicitar os xadrezistas, pelo aniversário que Ana Srebrnic hoje celebra, extensiva a felicitações aos aniversariantes a  Ana Matnadse, Hristos Banikas e Sergey Viktorovich Dolmatov.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

FIDE Women's World Chess Championship 2017

O Irão assegura mais um importante evento escaquista para mulheres, mais precisamente, o Campeonato Mundial de Xadrez Feminino, cuja 3ª eliminatória começou, e decorre em Teerão. Esta competição da FIDE conta com a participação das melhores jogadoras de xadrez da atualidade, nomeadamente, as russas GM Alexandra Kosteniuk (Elo 2549), campeã mundial feminino de xadrez em 2008 e 2010.A xadrezista   GM Valentina Gunina (Elo 2524), que se tornou campeã europeia feminina de xadrez em 2012 e 2014.
Aparece, como era previsível, o nome da jogadora ucraniana GM Anna Ushenina (Elo 2444), que se sagrou campeã mundial, do xadrez para mulheres, em 2012.
As escaquistas chinesas Xue Zhao (Elo 2506), também campeã mundial feminina em 2007; e  a GM Zhu Chen (Elo e GM Ju Wenjun (2558), que sagrou-se campeã asiática de xadrez feminino de 2010.
Participa ainda a notável jogadora da Bulgária, que foi a 12ª campeã mundial de xadrez de mulheres, a GM Antoaneta Stefanova (Elo 2526).
Mas  aqui também encontramos outras grandes jogadoras de xadrez a disputar este ambicioso título feminino nesta disciplina: a indiana GM Harika Dronavalli (Elo 2511); a campeão mundial Feminina de 2015,  GM Humpy Koneru (Elo 2583);  GM Nana Dzagnidze (Elo 2529), que foi Campeã Mundial SUB12" de meninas e a vendedora do prémio feminino do Festival de Xadrez e Gibraltar; WGM Natalia Pogonina (Elo 2454), GM Natalia Zhukova (Elo 2484) que tem competido nos em vários campeonatos mundiais;,  IM Nino Batsiashvili (Elo 2485), campeã nacional de Xadrez de mulheres da Geórgia: a GM Pia Cramling (Elo 2521), vencedora do Torneio do Oscar de Xadrez Feminino de 1983;  e a iraniana de 19 anos,  IM Sarasadat Khaemalsharieh (Elo 2403).  
A primeira ronda  teve 5 rodadas de 2 jogos com 90 minutos por 40 lances e mais 30 minutos, incrementados de 30 segundos, para cada jogadora dar mate. Aqui as xadrezistas, de 11-13 fevereiro, amealharam US$3.750 e  na segunda ronda, 14-16 fevereiro, receberam US$5.500. Na terceira ronda, 17-19 fevereiro, o prémio sobe para US8.000. Valor de US$ 12.000, e na quarta ronda ou semifinal, de fevereiro 20-22 semifinais.
Na última ronda, de 23 a 25 de fevereiro, as finalistas com as medalhas de bronze, prata e ouro juntam o prémio que atinge os US$ 20.000, US$ 30.000 e US$ 60.000 para a vencedora. O valor dos prémios totalizam US$450.000, que é muito menos do que o atribuído ao vencedor masculino US$600.000.
Na abertura do campeonato, que decorreu também no Palace Hotel, estiveram presidente do Irã H.E. Hassan Rohani, bem como o Presidente da República da Moldávia, o Presidente da Moldávia, o da Federação de Xadrez H.E. Igor Dodon, Kirsan Ilyumzhinovo presidente da FIDE, CEO FIDE Geoffrey Borg, e ainda o Presidente da Federação de Xadrez iraniano Mehrdad Pahlevanzadeh

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Andrei Murariu: 1657 - CURIOSIDADE

O xadrezista Andreu Murariu nasceu a 17 de fevereiro de 1986, na Roménia. Murariu que joga pelo Clube de Sah MMI, em Burareste, em 2002 tornou-se Mestre Internacional e, quatro anos depois, foi distinguido com o titulo de Grande Mestre Internacional pela FIDE. O GM Andrei Murariu possui a extraordinária força Elo de 2504 pontos que o posiciona em 11º lugar na ranking nacional.
Expressa-se as congratulações, por mais um aniversário, à  Almira Skripchenko, ao Andrei Murariu, hoje destacado biograficamente, e  a Dov Zifron.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Vladimr Fedosev: 1656 – CURIOSIDADE

O xadrezista Vladimir Fedoseev nasceu aos 16 de fevereiro de 1995, na Rússia. Ao celebrar os 16 anos Fedossev tornou-se Grande Mestre Internacional, em 2011, e sagrou-se Vice-campeão Mundial  U18., pelo que alcançou a medalha de prata. Neste ano juntou ainda a medalha de ouro, por equipas, no 10º Campeonato Mundial U16. Venceu o Campeonato Mundial de Jovens U18, em 2013. Levou para o seu palmarés a medalha de bronze do Campeonato Mundial Júnior de 2014. O GM Vladimir Fedoseev possui a notável força Elo de 2658 pontos que o colocam em 22º no ranking nacional e em 96º lugar na recente lista da FIDE.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Patrick Gedeão Wolff: 1655 – CURIOSIDADE


O jogador de xadrez  Patrick Gedeão Wolff nasceu aos  15 de fevereiro de 1968, nos Estados Unidos da América. Aprendeu a jogar xadrez, aos 5 anos, coo seu irmão Barrington Tobias Wolff , que hoje é professor universitário. No ano de 1983, venceu  Patrick Wolff Campeonato Nacional do Ensino Médio. No ano de 1988, Este escaquista defrontou e venceu, surpreendentemente, numa simultânea, o Campeão Mundial Garry Kasparov, em 25 lances, a jogar de pretas.
(Kasparov, G. - Patrick Wolff: 1.c4 Cf6 3.Bg2 e5 2.g3 c6 4.d4 d5 exd4 5.Dxd4 6.cxd5 cxd5 7.Cf3 Cc6 8.Da4 9.0-0 Be7 10.Be3 0-0 11.Bd4 Cg4 Cxd4 12.Cxd4 Db6 13. Cc3 Dh6 14.h4 g5 15.Cxd5 Bd8 16.Tac1 gxh4 17.Txc8 hxg3 18.Cf3 Ch2 19.Tfc1 Txc8 20.Txc8 Cxf3 + 21.exf3 gxf2 22.Rf1 Cf6 23.Dd2  Rg7 24.Ce8 Rh8 25.De4 Bh4 0-1 )
Patrick Wolff  foi campeão Nacional dos Estados Unidos da América, em 1992. Depois foi, novamente, Campeão Nacional de Xadrez em 1995.  A partir deste ano passou a fazer parte d equipa que preparou o Viswanathan Anand, para a disputa do Titulo mundial de xadrez. No ano seguinte, formou-se na Universidade de Havard-Yaleintr, onde foi a ser disputad , em sua honra, o Torneio de Xadrez de Wolff. Escreveu também um livro intitulado “Manual do idiota completo do xadrez”. O GM Patrick Gedeão Wolff possui a extraordinária força Elo de 2564 pontos de Elo que lhe garante ser 0o 26º no ranking norte-americano.
Expressa-se as melhores felicitações pelo aniversário a este xadrezista e, também pelo meso motivo, a Daniel Fridman e a Erich Gottlieb Eliskases.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Marsel Efroimski: 1654 - CURIOSIDADE


 A bela jogadora de xadrez Marsel Efroimski (מרסל אפרוימסק) nacseu em 13 de fevereiro de 1995, na cidade de Kfar Safa, em Israel. Os seus pais emigraram da União Soviética para Israel, mas esta bela xadrezista aprendeu a jogar xadrez com o avô. Em 2007, Efroimski venceu o Campeonato do Mundo de Xadrez Sub12, em Kemer. Sagrou-se também Campeã Europeia de Xadrez de2009, em Fermo. Repetiu o resultado mundial, dois anos depois, no escalão etário Sub14, em Antalya.  Representou já o seu país nas Olimpíadas de Xadrez Feminino de Dresden (Alemanha, 2008).  Esteve também nas Olimpíadas de Xadrez de Khanty-Mansiysk (Rússia, 2010). No ano seguinte, no Campeonato Europeu Jovem de Meninas s
ub16 em Albena. Efroimski partilhou o primeiro lugar (com quatro outros jogadoras) no Campeonato Europeu Jovem de Meninas Sub16, em Albena (Bulgária, 2001). Marsel Efroimski, no 87º Congresso de Baku (Azerbaijão, 2016) foi-lhe atribuído o título de Grande Mestre Internacional de Mulheres. A WGM Marcel Efroimski possui 2272 pontos de Elo que a colocam, aos 22 anos, em número 3 do ranking da FIDE.
Apresenta-se as congratulações de aniversário a esta xadrezista e, pela mesma razão, a Artur Yusupov, Sergey Tiviakov,Namiq Guliyev.    

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Eduardo Iturrizaga  venceu o Open de Portugal 2017

O jovem venezuelano GM Eduardo Iturrizaga Bonelli (Elo 2652 )
venceu  a edição de 2017 do Open de Portugal 2017, fez 8 pontos nas nove jornadas, e arrecadou 17 pontos de Elo que o aproximam da fasquia dos 2700. O GM Indjic Aleksandar (Elo 2560) concretizo 7,5 pontos e assim   terminou em 2º lugar. O jovem turco de 20 anos, GM Dastan Muhammed Batuhan (Elo 2497)classificou-se em 3º lugar e amealhando 22 pontos de Elo.
O GM Luís Galego (Elo 2478) foi o português melhor classificado neste evento, ao fazer 6,5 pontos e terminar em 13º lugar.
E, Surpreendentemente, no lugar imediato encontramos o FM André Ventura Sousa, ainda u18, que também fez 6,5 pontos e amealhou 13 que o aproximam da fasquia dos IM, refira-se ainda que este jovem de 18, nesta prova venceu o GM Daniel Campora (Elo 2450) e empatou como GM  Vladislav Kovalev (Elo 2598). O CM Pedro Rego (Elo 2232) , ficou em 16º lugar e arrecadou mais 9 pontos de Elo.  O GM António Fernandes (Elo 2463), que ultimamente tem sido uma presença nas grandes provas escaquistas, venceu todos os adversários com Elo inferior, tendo perdido 3 partidas com xadrezista possuidores de força de Elo muito superior.
O IM Sérgio Rocha (Elo 2378), ficou em 25º lugar, ganhou 5 pontos de Elo, e teve como feito nesta prova, o empate que arrancou o GM Mladen Palac (Elo 2600). Quem fez também uma partida memorável foi Paulo Costa (Elo 2114) ao estabelecer a igualdade contra o IM Christoph Menezes (Elo 2404). No 34º lugar encontramos o CM Ivo Dias (Elo 2154), que aqui amealhou 12 pontos de Elo. O jovem português de nascido em 2003, José Francisco Veiga  (Elo 2069) juntou aqui 57 pontos que colocaram a pontuar acima dos 2100. Outro português que vai daqui contende é o Tiago Leão (Elo 2044) que arrebanhou aqui 26 potinhos d e Elo. Seguiu-se o Paulo Felizes (Elo 1934), o atual presidente da Federação Portuguesa de Xadrez, que também somou 27 pontos de Elo.  Destacamos ainda o feito de Ana Antunes (Elo 1113) que, brilhantemente, ganhou aqui 74 pontos de Elo. Por último, merecem ser referenciados a jovem Suana Maíssa (S/Elo), o jovem Tomas Carvalho Mateus (S/Elo)  e José A. Almeida  e Luís Alberto Moreira (S/Elo) que ganharam  a um dos adversários com Elo internacional, pelo já aparecerão a pontuar na próxima lista da FIDE. Muitos mais portugueses registaram aqui também um bom resultado, mas ficamos por aqui, quanto aos participantes portugueses.
O angolano FM Manuel Alberto (Elo 2174) conseguiu 18 pontos neste evento que vem compensar aos que perdeu no Festival de Gibraltar. Se ganhar um torneio é um feito, o resultado alcançado pelo xadrezista turco, de 12 anos, CM Isik Can (Elo 2173), não é menos, já que fez 5,5 pontos dos 9 possíveis, terminou em 31º lugar e arrecado 70 pontos 70 pontos de Elo. Quem também não esquecerá esta competição é a jovem turca WCM Cagil Arda (Elo 2021), ainda com 15 anos, que leva 68 pontos de Elo.  E não menos feliz  está a WCM Duru Okuyaz (Elo 1784) , também turca, que somou à sua força Elo a bela quantia de 133 pontos.
Apresta-se para congratular a organização e outras entidades envolvidas, assim como e todos os que competiram neste  importante evento da Federação portuguesas de Xadrez.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

José Santos venceu o II Encontro de Xadrez D. Afonso Henriques

José Sereno Santos (Elo 1588) realizou 6 pontos que lhe garantiram terminar como campeão deste evento. O 2º lugar pertenceu a Ana Beatriz Ribeiro (Elo 1412), com 5 pontos. Em 3º lugar, com 5 pontos, ficou Orlando Ribeiro (Elo 1263), ficando o pódio completo com 3 xadrezistas da EB João de Meira. Sara Soares (Elo 1123), escaquista do CLIB – Colégio Luso Internacional, fez 5 pontos. Ainda com direito a diploma, no 5º lugar, temos Tomás Monteiro (Elo 1285). Outro jogador federado e com elo no ritmo de semirrápidas, que também merecia receber diploma, por realizar 5 pontos, só que o 6º lugar da classificação geral não estava contemplado com esta distinção, era Pedro Mendes (Elo 1533), da EB João de Meira.
Foram atribuídas medalhas por escalões, em que se distinguiram o de Benjamins, apesar de não estar abrangido pelo Desporto Escolar, ao 1º classificado deste escalão, a menina Xinyue Liu (Elo 1050), do CLIB (Colégio Luso Internacional de Braga). O 2º classificado foi João Cruz do CLIB, clube escola que apresentou apenas 3 jogadores, mas que saíram daqui medalhados. No 3º lugar deste escalão ficou Rafael Guimarães (Elo 1050), da EB João de Meira.
Do Escalão etário Infantil A, com 29 participantes, Sara Soares (Elo 1123), do CLIB, foi a campeã, seguida pelo Diogo Castro Silva (Elo 1100), da EB João de Meira. O 3º classificado foi Francisca Oliveira (Elo 1100), da EB João de Meira.
Pelo Escalão Infantil B, o vencedor foi Diogo Cardoso (Elo 1150), do EB João de Meira). Em 2º lugar temos Marcelo Silva (Elo 1105), do EB João de Meira. Afonso Abreu Teixeira (Elo 1150), da EB D. Afonso Henriques.
No escalão de Iniciados, José Sereno Santos (Elo 1588) arrebatou o 1º lugar deste grupo. Orlando Ribeiro (Elo 1263) terminou em 2º lugar. E o jovem Tomás Monteiro alcançou a medalha de 3º classificado.
Em Juvenis, também outra menina ocupou o 1º lugar, Ana Beatriz Ribeiro (Elo 1422). A medalha de 2º classificado pertenceu Pedro Mendes (Elo 1533), ficando Bruno Mendes (Elo 1262), do EB João de Meira.
Na distribuição de medalhas no conjunto Feminino, uma vez que não era possível acumulação de medalhas, a atleta Francisca Oliveira (Elo 1100) alcançou a primeira medalha, ficando Sofia Oliveira da EB João de Meira), com a 2ª medalha, e Helena Azevedo (Elo 1100), da EB D Afonso Henriques, com a de 3ª classificada.
Neste evento desportivo que decorreu em 11 de fevereiro, nas instalações da Escola Básica D. Afonso Henriques, em Creixomil, com 6 dezenas de participantes, representando 4 clubes de xadrez instalados na Escola Básica João de Meira, Escola Secundária de Amares, em que Ma Zelong (Elo 1200) foi o seu atleta  melhor classificado, Colégio Luso Internacional de Braga e na escola anfitriã.
A média Elo foi de 1126 pontos, o que nesta competição é pouco relevante, já que apenas 7 xadrezistas possuem elo no ritmo de semirrápidas, tendo sido atribuído aos restantes um elo administrativo. A direção da prova que foi marcada por um convívio saudável competitivo, com a presença de uma dezena de pais, esteve a cargo do prof. José M. Teixeira, tendo com árbitro principal o prof João Martinho auxiliado na arbitragem pelo prof Marco Pereira.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Nino Kirov Ivanov: 1653 - CURIOSIDADE

Nino Kirov Ivanov nasceu em Gorna Dzhumaya, uma cidade hoje mais conhecida por Blagoevgrad, na Bulgária a 9 de fevereiro de 1945. Este jogador de xadrez, em 1973, venceu o Torneio de Coka. Foi também 1º no Torneio Internacional de Varsóvia (Polónia, 1974). Nino K Ivanov tornou-se Grande Mestre Internacional em 1975. Três anos mais tarde, esta xadrezista sagrou-se Campeão Nacional Absoluto de 1978. Como escaquista representou o seu país nas Olimpíadas de Xadrez de 1974 e 1984. No ano de1985, Nino Ivanov subiu ao pódio em 2º lugar no Torneio de Potsdam (Bulgária, 1985) e foi 3º classificado no Torneio Aberto de Roma (Itália, 1986). O GM Nino Kirov Ivanov faleceu aos 25 de setembro de 2008.