segunda-feira, 24 de setembro de 2018

43ª Olimpíada Mundial de Batumi - MULHERES


Decorre a 43ª Olimpíada Mundial de Xadrez de 2018, para jogadoras de xadrez, em Batumi, na Geórgia, desde 23 de setembro a 6 de outubro.
A Olimpíada de Xadrez é um dos maiores eventos desportivos do mundo, e que já começaram, pelo que vamos destacar a presença feminina  de 151 países neste evento da FIDE.
A Rússia lidera esta competição, com a equipa capitaneada por Sergeu Rublesvky, que é composta por nomes sonantes como: as antigas campeãs mundiais, a GM Alexandra Kosteniuk (Elo 2559 e GM Valentina Gunina (2528); a GM  Aleksandra Goyachkina (Elo 2535), a WGM Natalija Pogonina (Elo 2469)e a WGM Olga Girya (Elo 2462). 

Mas passamos às federações de xadrez da lusofonia, começando pela equipa do BRASIL que ocupa a 45º posição e é constituída pela WIM Juliana Terão (Elo 2255); a WFM Julia Alboredo (Elo 2174); a WIM Kathie Librelato (Elo 2110), a ainda não titula da Ana Vitória Rothebarth (Elo 2063) e a WFM Suzana Chang (Elo 2037).

O IM Sérgio Rocha vai procurar que as jovens portuguesas façam a melhor prestação de sempre numas olimpíadas – já que como a participação masculina, entraram a pontuar em todos os tabuleiros -  com a WFM Ana Filipa Batista (Elo 2008); a WFM Margarida Coimbra (Elo 2068); a WFM Rita Jorge (Elo 1870), a WCM Mariana Sofia Silva (Elo 1924) e a sua irmã Ana Inês Silva (Elo 1890). 

No 98º lugar, encontramos a representação de ANGOLA com A WIM Esperança Caxita (Elo 1803), a WFM Luzia Pires (Elo 1729), a WFM Ednasia Junior (Elo 1725), a Irineia Gabriel (Elo 1652) e WCM Delfina João (Elo 1556).

Maia Mariano capitania o conjunto feminino de MOÇAMBIQUE que conta com a WIM Vania Vilhete (Elo 1752), a Katina Efentakis (Elo 1451), a Suzete Vicente (Elo 1379) a Cheila André Sitoe (Elo 1545) e a Cheila Sitoe (Elo 1425).

No 149º lugar descobre-se a equipa de SÃO TOMÉ E PRINCIPE, a dar os primeiros passos na arte de Caísse, com Hinga Githingi a chefiar 3 jovens esperanças do xadrez santomense;  a Elquissandra da Fonseca Gomes (S/Elo) a Márcia Gomes (S/Elo) e a Patrícia Santo Soares (S/Elo). 
Nesta competição destacam-se nomes de grandes escaquista da atualidade com as irmãs GM Anna Muzychuk (Elo 2555) e GM Mariya Muzychuk (Elo 2533) e que hoje celebra o aniversário; mais as campeãs mundiais de Mulheres  a GM Anna Ushenina (Elo 2451), a GM Wenjun Ju (Elo 2561) e a GM Humpry Koneru (Elo 2557), que esperam levar as principais medalhas.

Agora que a competição está a decorrer que as atletas realizem as suas espectativas.

domingo, 23 de setembro de 2018

43ª Olimpíada Mundial de Batumi - HOMENS


Começa amanhã a 43ª Olimpíada Mundial de Xadrez de 2018, na bela cidade de Batumi, na Geórgia. A competição  decorre de 23 de setembro a 6 de outubro. A Olimpíada de Xadrez é um dos maiores eventos esportivos do mundo, atraindo 189 países e cerca de 4 mil atletas divididos entre atletas, técnicos e diretores!. Nesta importante competição da FIDE, os Estados Unidos da América lideram em força de jogo já que levam o GM Fabiano Caruana (Elo 2827), o GM Wesley So (Elo 2776), o GM Hikaru Nakamura (Elo 2763) e o GM Ray Robson (Elo 2682).
PORTUGAL deslocou uma equipa de 5 xadrezistas capitaneada por Jorge Guimarães, e composta pelos GM Luís Galego (Elo 2471), GM António Fernandes (Elo 2389), o IM Rui Dâmaso (Elo 2440) que se espera que faça agora uma norma de GM; o IM David Martins (Elo 2402) e o IM André Sousa (Elo 2365). Que esta equipa com a média Elo de 2426, ocupando a 63ª posição no ranking inicial, consiga bons resultados que deseja. 
O país irmão BRASIL leva um forte conjunto de xadrezistas capitaneado por  Viktor Moskalenko, ocupando o 29 lugar, no início da prova, com média Elo de 2567. A equipa é constituída pelos GM Rafael Leitão (Elo 2620),  GM Fier Alexandr (Elo 2558), GM Luís Supi (Elo 2548) e o GM Felipe El Debs (Elo 2542). 
Angola, o país irmão de Portugal, desloca à Geórgia este conjunto de escaquistas o CM Sérgio Miguel (Elo 2285) que pontue par ser mestre FIDE; o IM Erikson Soares (Elo 2283), o IM Catarino Domingos (Elo 2246); o IM David Silva (Elo 2223) e o IM Luciano Oliveira (Elo 2216). Que os angolanos, uma equipa muito equilibrada de força de jogo, ocupando o 98º lugar, que faça uma boa participação. 
O país lusófono MOÇAMBIQUE desloca também uma equipa capitaneada pela Alice Mateus e é constituída pelo CM Donaldo Paia (Elo 2206), o CM Persson Abrantes (Elo 2055), o CM Wilton Calicoca (Elo 2135) o CM Ilídio Chunguane (Elo 2054) e Izdine Gafar (Elo 1984). Moçambique ocupa, no ranking inicial, à 121ª posição, pelo que se deseja que façam bons resultados. 
Resta falar do outro país que esta ligado historicamente a Portugal, que é CABO VERDE constituída por um conjunto de xadrezista muito empenhados, ocupando o 160º lugar e é capitaneada pelo Francisco Carapinha que tem sido o motor para o desenvolvimento do xadrez neste arquipélago. A equipa compreende o Francisco Manuel Carapinha (Elo 1476); António Monteiro (Elo 1877), Eder Pereira (Elo 1877), Luís Barros (Elo 1774) e Luís Pina Fernandes (Elo 1654).Resta desejar também boa sorte a todos os participantes, com especial estima aos xadrezistas da lusofonia. 
Dos milhares de participantes merecem destaque mais dois que pontuam acima dos 2800:
o chinês GM Liren Ding (Elo 2804) e  o GM azeri Shakhriyar Mamedyarov (Elo 2820) e ainda vários campeões e vece-campeões mundiais como o Vladimir Kramnik (Elo 2760),o GM Segey Karjakin (Elo 2760) o GM Viswanathan Anand (Elo 2771), o GM Valiily Ivanchuc (Elo 2771) e o GM Ruslan Pomomariov (Elo 2681), o GM Gelfand  Boris (Elo  2703). Todos estes vão dar uma um bom contributo à sua equipa e alcançar algumas das medalhas.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

O II Guimarães Open Chess

O II Guimarães Open Chess que vai realizar-se nas instalações do Instituto de Design de Guimarães, situado na antiga Fábrica da Ramada, nos dias  4, 5, 6 e 7 de outubro de 2018,em Guimarães,
já ultrapassou uma centena de participantes. Também ultrapassaram as expetativas quanto ao número de jogadores titulados, nomeadamente o de GM (Grande Mestre Internacional), que são 7,  2  IM (Mestre Internacional), 3 FM (Mestre FIDE), 1 WFM (Mestre FIDE de mulheres) e 1 CM (Candidato a Mestre).
Neste momento registam-se jogadores de uma dezena de federações {Angola (1), Argentina (1), Bulgária (1), Canadá (1), Cuba (2), Espanha (7), Finlândia (2), Portugal (116) e Ucrânia (2) ,
Estão envolvidos neste evento o Clube de Xadrez da Casa do Povo de Ronfe, o Clube de Xadrez Amigos de Urgeses, o Clube de Xadrez Afonsino e Clube de Xadrez da Escola João de Meira, que contaram com apoios e colaboração da CMG (Câmara Municipal de Guimarães), da FPX (Federação Portuguesa de Xadrez) e da AXDB (Associação de Xadrez do Distrito de Braga).

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Scott Chadwiok: 1912 – URIOSIDADE


O jogador de xadrez Scott Chadwiok nasceu aos 20 de setembro de 1946, em Miwaukke. Nos Estados Unidos da América. Estudou na Universidade de Hard Knox e, sempre que se proporciona, entra em torneios em Phoenix, cidade onde reside.
Aproveitamos para felicitar Scott Chadwiok e todos os xadrezistas pelo aniversário que hoje celebram. 

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Nodirbek Abdusattorov :1911 – CURIOSIDADE


O jovem xadrezista Nodirbek Abdusattorov nasceu aos 18 de setembro de 2004, em Tachkent, no Uzbequistão.  Aos 8 anos, isto é, em 2012, Nodirbek sagrou-se campeão Mundial U08. No ano 2017 é distinguido pela FIDE com o título de Mestre Internacional, após a sua participação no 77º Campeonato Mundial de Jovens U20.  Em abril de 2018, em Minsk (na Bielorrússia) alcança a 3ª norma de GM, aos 13 anos, 1 mês e 11 dias, tornando-se no 3º Grande Mestre Internacional da História. O GM Nodirbek Abdusattorov possui 2558 pontos de Elo, que lhe garante ser o número 2 mundial SUB 14 e ocupar o 3º lugar no ranking nacional.
Aproveitamos para felicitar este génio da arte de Caísse, Nodirbek Abdusattorov, pelo aniversário que hoje celebra, já mencionado, neste blogue, pelo feito escaquista de ter sido o mais jovem Mestre Internacional de sempre.

domingo, 16 de setembro de 2018

FIDE World Junior and Girls Under 20 Chess Championship 2018

Como era previsível, o iraniano GM Parham Maghsoodloo (Elo 2649). Fez 9,5 pontos, e sagrou-se vencedor do Campeonato Mundial de Juniores (masculino e Feminino) SUB20, de 2018, e ainda melhorou a sua força Elo em 20 pontos. Este jovem de 17 anos, na próxima lista da FIDE, ficara a poucos pontos de atingir os 2700 pontos de Elo. Com 8,5 pontos, nas 11 rondas. O vice-campeão mundial é o GM indiano Abhimanyu Puranik (Elo 2524) que também amealhou 23 pontos de Elo. A medalha de bronze foi alcançada pelo russo Sergei Lobanov (Elo 2535), recentemente tornado IM (Mestre Internacional) amealhou ainda 16 pontos de Elo e realizou uma performance de 2648 pontos.
O coreano FM Hyeok Lee Jun (Elo 2263) terminou em 24º lugar, com 7 pontos, melhorou a sua força Elo em 76 pontos e rematou uma performance de 2509.
O jogador da casa, Kayra Kamer (Elo 2205) fez 5 pontos e amealhou a bonita soma de 85 pontos de Elo. O xadrezista da Mongólia, Enrdene-Ochir Nyambileg (Elo 1798), com 5,5 pontos, protagonizou a maior subida de Elo 185 pontos.
O angolano David Silva (Elo 2223) realizou 4,5 pontos e leva da Turquia, mais precisamente de Geze, de Kocaeli 10 pontos de Elo. 
O representante de PortugaL, André Filipe Dionizio (Elo 2010) fez 3,5 pontos, tendo enfrentado apenas adversários com maior Elo. Esta xadrezista melhorou a sua força Elo em 3 pontos, isto numa competição cuja média Elo foi de 2327 pontos.
Estes campeonatos foram dirigidos pelo IO Ozgur Solakoglu, tendo como árbitros principais o IA Fahri Katabay e o IA Arid Rimestad, auxiliados por uma dezena de Árbitros.

sábado, 15 de setembro de 2018

FIDE World Junior and Girls Under 20 Chess Championship 2018

A xadrezista russa Aleksandra Maltsevskaya (Elo 2234) sagrou-se campeã mundial ao vencer o Campeonato Mundial Júnior Feminino Sub20,  com 8,5 pontos, com uma performance de 2434 que lhe permitiu melhorar o seu Elo 56 pontos. Esta foi já distinguida, no último congresso da FIDE como título de WIM.  A vice-campeã mundial é WGM  Gulrukhbegim Tokhirjonova (Elo 2369), do Uzbequistão, com 8,5 pontos, e ainda melhorou a sua força Elo em 16 pontos, que lhe vai permitir pontuar acima dos 2400 na próxima lista da FIDE. Bela georgiana WIM Nino Khomeriki (Elo 2313), com 8 ponto feitos, alcançou a medalha de bronze, tendo amealhado ainda 21 pontos de Elo.
Merece destaque a escaquista do Cazaquistão WFM Nazerke Nurgali (Elo 2080), que também fez 8 pontos, que lhe atribuíram 4º lugar e o protagonismo da impressionante subida de Elo com 183 pontos. A segunda subida notável pertence à jogadora do Sri Lanka  Tenara de Silva (Elo 1764) por ter amealhado 163 pontos de Elo.
A jogadora da Quirguízia Beguimay Kyzi (Elo (1770) ao amealhar 149 pontos realizou a 3ª maior subida.
Por fim, damos destaque à única participante Jelena Gusic sem Elo que, como realizou uma performance de 1311, deverá sair na próxima lista da FIDE a pontuar, fazendo com que a Federação da Bósnia-Herzegovina tenha mais uma atela com Elo.
Portugal não fez deslocar nenhuma das suas atletas a este evento, ao contrário de Angola que levou a WIM Caxita Esperança (Elo 1803) que, apesar de ter defrontado adversárias mais fortes, ainda fez 3,5 pontos, terminando em 86º lugar. Também o Brasil, outro país lusófono, fez-se representar pela  Larissa Bail Ellen (Elo 1832), que também fez 3,5 pontos.
Este importante evento da FIDE. De 11 rondas, no ritmo clássico,  decorreu na Turquia, em Gebze, de Kocaeli, entre 5 e 15 de setembro.

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Afonso Teixeira Abreu:1910- CURIOSIDADE

O jogador de xadrez  Afonso Teixeira Abreu  nasceu aos 14 de setembro de 2005, em Guimarães. Este xadrezista, então aluno da Escola D. Afonso Henriques, entrou para o CX Afonsino em 2015, na valência do Desporto Escolar e, depois, no Desporto Federado. Participou no Internacional de Famalicão de 2017 e no 1º Guimarães Open Chess, tendo adquirido Elo internacional em Outubro de 2017.O escaquista Afonso Teixeira Abreu possui 1020 pontos de Elo no ritmo de lentas, e 1018 no ritmo de semirrápidas. 
Proporciona-se para felicitar este amigo afonsino por celebrar mais um aniversário, com votos de muitos êxitos nos estudos, na vida pessoal e no xadrez.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Campeonatos Nacionais individual Amador, de 2018, no ritmo rápido


O xadrezista Tiago Alexandre Silva (Elo 115388), do GXE Palma e Arredores, sagrou-se campeão Nacional Individual Amador até 1600, com 5,5 pontos, conseguiu a principal taça e viu o seu Elo aumentar em 32 pontos. O vice-campeão nacional neste ritmo foi José Miguel Sereno (Elo1548), da Aa Didaxis -A2d, que aforrou 23 pontos de Elo. O Pedro Gil Silva (Elo 1410), do CP Ronfe, alcançou o 3º lugar, tendo amealhado 31 pontos de Elo. E, com este resultado, fez proeza de enriquecer o palmarés com dois troféus!
Esta prova de Rápidas, arbitrada pelo IA Paulo Rocha, realizou-se, ao ritmo de 3 minutos incrementados de 2 segundos por lance, e juntou no Pavilhão Desportivo de Lamaçães, 30 xadrezistas, no passado dia 9 de setembro.

Paralelamente decorreu o Campeão Nacional Individual Amador de 1600 a 2000, no rimo de Rápidas, em que José Manuel Monteiro (Elo1904), do DGR “Amigos de Urgeses”, venceu esta prova com 5 vitórias, tendo arredado 26 pontos de Elo. Este xadrezista leva assim, destes campeonatos nacionais, decorridos em Braga, dois troféus O 2º classificado foi Diogo Faria Martins (Elo 1945), do EX Porto, fez 4 pontos e  ainda melhorou o seu Elo em 22 pontos. Nuno Miguel Ventura (Elo 1747), do GR Dias Ferreira, chegou ao 3º lugar, que também leva deste evento 26 pontos de Elo. Apenas 10 jogadores de xadrez disputaram este Campeonato Nacional individual Amador, de 2018, no ritmo rápido, cuja média Elo foi de 1807 pontos. A arbitragem esteve a cargo do IA Paulo Rocha.

terça-feira, 11 de setembro de 2018

II Guimarães Chess Open

Vai realizar-se de 4 a 7 de outubro de 2018, a segunda edição do Guimarães Chess Open. Este evento que decorrerá nas instalações da Fábrica de Curtumes da Ramada, com  organização d

o CP Ronfe (Clube de Xadrez da Casa do povo de Ronfe, o CX Afonsino (Clube de Xadrez Afonsino da Escola EB 2/3 D. Afonso Henriques, o CX João de Meira (Clube de Xadrez da Escola EB 2/3 João de Meira) e os Amigos de Urgeses (Secção de Xadrez dos “Amigos de Urgeses”, que assume a gestão financeira do evento.  O Guimarães Chess Open 218 será integrado no Circuito Nacional da FPX 2018/2019, conta com apoios da Câmara Municipal de Guimarães, da FPX (Federação Portuguesa da Xadrez). Tempo Livre – Centro Comunitário de Desporto e Tempos Livres CIPRL e da AXDB (Associação de Xadrez do Distrito de Braga.
As inscrições dos xadrezista federados devem ser efetuadas até 15 de setembro, para o correio eletrónico xadrecronfe@gmail.com, apresenta a seguinte taxa de participação: os escaquista dos Escalões U08, U10, U12 e U14, é de 10€;  dos Escalões U16, U18, U20 e veteranos é de 15€; escaquistas seniores pagam 20€ ( os jogadores da AXDB ou que venham a federar-se pela AXDB, terão um bonificação de 2,5€ em quaisquer escalões aqui referidos). Os escaquista titulados pela FIDE (Federão Internacional de Xadrez) estão isentos. Às inscrições, neste Open, realizadas na última quinzena de setembro (de 15 a 30 de setembro), acresce, em todos os escalões a penalização de 5€. Será possível inscrever-se nos 3 dias que antecedem o Open Chess, mas com agravamento de 10€.  A taxa de inscrição deve efetuar-se para o IBAN da Casa do Povo de Ronfe (PT50001000006526330010260 ) e sua
validação pela cópia do comprovativo de pagamento  enviada pelo email já aqui referido.
Serão atribuídos prémios aos 3 melhores classificados de cada escalão etário e 1ª classificada feminina. 
Há o 1900€  para os prémios monetários assim distribuídos: 1º Classificado – 800€; 2º Classificado – 500€; 3º Classificado – 350€; 4º Classificado – 200€; 5º Classificado – 100€; 6º Classificado – 80€; 7º Classificado – 65€; 8º Classificado – 55€; 9º Classificado – 45€; 10º Classificado – 35€; e, ainda,  1º Classificado SUB 2200 (Elo 2201 – 2200) - 20€; 1º Classificado SUB 2000 (Elo 1801 – 2000) - 20€; 1º Classificado SUB 1800 (Elo 1601 – 1800) - 20€; 1º Classificado SUB 1600 (Elo 1201 – 1400) - 20€; 1º Classificado SUB 1200 (Elo 1000 – 1200) - 20€.
Serão concedidos 2 byes nas 4 primeiras sessões. Duas faltas de comparência e a falta à primeira sessão implica a eliminação no Open, salvo, na última situação, o caráter excecional da justificação a ser aceite pela direção da prova.
Oportunamente será brevemente divulgado este regulamento com a logísticas de alojamento, estacionamento e restauração locais.

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Campeonatos Nacionais de Xadrezista Amadores de Semirrápidas de 20108



O xadrezista Sergey Demyanchuk (Elo 1818), do CX Braga, tornou-se campeão Nacional  Individual Amador de 1600 a 2000, com 4 pontos, alcançou a principal taça e viu o seu Elo aumentar e, 22 pontos. O Vice Campeão, com 3,5 pontos, foi José Manuel Monteiro (Elo 1889), do GD Amigos de Urgeses. Ganhou ainda 5 pontos  pelo que passou a pontuar acima dos 1900. O 3º classificado foi Rodrigo Santos Ribeiro (Elo 1696), do AEJ S João da Madeira, ainda reforçou a sua força Elo em 30 preciosos pontos. Jogaram este campeonato, de 5 rondas, que decorreu  no palácio dos Biscainhos, em Braga,  8 xadrezistas, o ritmo de 1h30 incrementada de 30 segundos.
No Campeonato Nacional  Individual Amador de 1600, de 2018, após 5 rondas, sagrou-se vencedor Gustavo Ribeiro (Elo 1414), do AEJ S. João da Madeira, que juntou ao troféu de campeão mais 63 pontos de Elo. O 2º lugar foi para a Sara Joana Soares (Elo 1431), da EX Porto, e ainda recebeu a bonita soma de 41 pontos de Elo. O 3º lugar do pódio pertenceu Tiago Leitão Machado (Elo 1473), do C Peões da Caparica, que ainda levou com  a taça 25 pontos de Elo. Participaram neste evento nacional, de ritmo de 90 minutos incrementados de 30 segundos,  29 xadrezistas,
O jovem Pedro Gil (Elo 1634), do CP Ronfe,  venceu o Campeonato Nacional Amador de Semirrápidas de 2018, (de 1600 a 2000), com 4,5 pontos. E melhorou o seu Elo em 36 pontos. Dioso Martins (Elo 1888), da EX Porto,  sagrou-se vice-campeão nacional com 4 pontos. Em 3º lugar ficou Luís António Araújo (Elo 1891), da EX Porto, com 4 pontos. Destaca-se o resultado de António Marinho (Elo 1655), do Profigaia, que terminou em 4º lugar amealhando 465 pontos de Elo,
Participaram nesta competição, de 6 rondas, ao rimo de 15 minutos incrementados de 5 segundos. 16 jogadores de xadrez com Elo superior a 1660 e menos de 2000 pontos, que decorreu no Pavilhão Desportivo de Lamaçães, em Braga.
O escaquista João Pedro Castro (Elo 1594), do Profigaia, sagrou-se campeão nacional Amador de Semirrápidas sub1600, de 2018, com 5,5 pontos, amealhando ainda 26 pontos de Elo. Vitor Carvalho (1491), da Aa Didaxis . A2d, foi vice-campeão, com 5 ponto, tendo arrecadado 21 pontos de Elo. João Carlos Branco (Elo 1555), do AX Barcelos, com 5 pontos alcançou o 3º lugar no pódio, levando o 3º troféu e 12 pontos de Elo. Integraram este campeonato 37 jogadores de xadrez, em que se destacaram 4 participantes femininas.

domingo, 9 de setembro de 2018

António Fernandes novamente Campeão Nacional

O GM António Fernandes (Elo 2389), da AX Portugal/Atantidiagonal com 6,5 pontos, nas nas 9 rondas, sagrou-se vencedor no Campeonato Nacional Absoluto de 2018, que terminou, hoje, numa das belas salas do Museu Biscainhos, de Braga. Com este resultado o António Fernandes regista no seu palmarés 16 títulos de campeão nacional em vários ritmos. Este feito alcançado num lote de jogadores de força Elo bastante equilibrada é notável, como notável é também o veterano enfrentar jovens que estão em nítida ascensão



O vice-campeão foi FM Luís Silva (Elo 2353), com 6 pontos. Este jovem, a estudar medicina, continua a mostrar que pode ser o primeiro MI formado no seu clube Aa Didaxis-A2d!  






O mais forte jogador deste campeonato, o IM David Martins (Elo 2402), do GD Dias Ferreira, também com 6 pontos, terminou em 3º lugar. Este jovem promissor garantiu, mais uma vez, um lugar no pódio.

Nesta importante prova escaquista da FPX (Federação Portuguesa de Xadrez) participara 7 o  IM André Sousa (Elo 2363),


do escalão sub 18, atleta da AX Gaia; o FM José Francisco Veiga (Elo 2231) e ainda Sub 16, do EX Porto; o FM José Padeiro (Elo 2209)a jogar pelo “Amanhã da Criança”; o Sub 16, Bruno Martins (Elo 2262) do Ateneu P Montijo; o IM Sérgio Rocha (Elo 2379) do FC Barreirense; os xadrezistas da AXAT Montemo-o-Novo, o IM Pedro Rego (Elo 2270) e o FM António Vasques (Elo 2239).  A bela cidade de Braga tornou-se neste fim-de-semana a capital do xadrez pela realização deste campeonato, e por ter sido palco de mais 6 campeonatos nacionais delimitados por  Elo e nos ritmos de semirrápidas e de rápidas, assim como de uma ação de formação continua de treinadores de xadrez, ministrada pelo IM António Fróis.