sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Yoel Aloni: 1589 - CURIOSIDADE



O escaquista israelita Yoel Aloni (יואל אלוני‎) nasceu em 30 de setembro de 1937. Aloni representou Israel nas Olimpíadas de Xadrez de Tel Aviv
(Israel, 1964) e nas Havana (Cuba, 1966). Este jogador de xadrez é também notável problemista. Aloni, Yoel com Uri Avner, e Paz Einat  publicaram o livro intitulado  "Lender combination: Baruch Lender and His Chess Problems".
Apresta-se congratular o FM  Aloni, Yoel pelo dia de anos que hoje celebra e também os aniversariantes de  hoje:  Irina Zakurdlaeva, János Flesch e o  Ivan Rafael Cabezas Ayala.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Kira Alekseyevna Zvorykina : 2558 - CURIOSIDADE

A jogadora de xadrez  ucraniana Kira Alekseyevna Zvorykina nasceu aos 29 de setembro de 1919, em Nikolaev. Apesar de Kira  Zvorykinater nascido na Ucrânia, jogou na Bielorrússia, tendo, por três vezes, sido campeã na União Soviétiva. 
A  escaquista Kira Alekseyevna Zvorykina faleceu aos 6 de setembro de 2014.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

OS NOVOS GM


 A  lista da FIDE foi atualizada e aparece  com 14 dos 16 xadrezistas titulados de Grande Mestre Internacional, que foram contemplados na Assembleia geral da FIDE, realizada de 11 a 13 deste mês, em Baku, no Azerbaijão, aquando das XXXXII Olimpíadas de Xadrez.
São eles:  os alemães  que receberam aqui a segunda titulação da FIDE, sem passarem pela de Mestre FIDE, Andreas Heimann (Elo 2588), e Rasmus Svane (Elo 2552); o canadiano U18, Razvan Preotu (Elo 2495); o francês  Jules Moussard (Elo 2539); o georgiano Davit Lomsadze (Elo 2350), que assim recebeu a sua 1ª titulação FIDE;  o húngaro de 17 anos,  Benjamin Gledura (Elo 2585); o polaco Marcel Kanarek (Elo 2533); o romeno Bogdan-Daniel Deac (Elo 2524), nascido em 2001; o turco Vahap Sanal (Elo  2447); o austríaco Moulthun Ly, (Elo 2513) o cubano Camilo Ernesto Gomez Garrido (Elo 2544); o estónio Ottomar Ladva (Elo 2501); o grego Andreas  Kelires (Elo 2509); o indiano Kannappan Priyadharshan (Elo 2521); o iraniano Amirreza Pourramezanali (Elo 2532); e os russo Maksim Chigaev (Elo 2551) e Daniil Yuffa (Elo 2534).

terça-feira, 27 de setembro de 2016

David Baramidze: 1587 – CURIOSIDAE


O  jovem xadrezista germânico David Baramidze nasceu em 27 de setembro de 1988, na cidade de Tbilisi, capital de Geórgia. No ano de 2004, Baramidze é distinguido com o título de Grande Mestre internacional e passa viver ma Alemanha. Neste mesmo ano foi Vice-campeão Mundial de Xadrez U16. Em 2008, representou a Alemanha nas Olimpíadas de Xadrez de Dresden. O GM David Baramidze possui a notável força Elo de 2601 pontos que tornam no 8º xadrezista alemão.
Aproveitamos para felicitar os xadrezistas, hoje, os xadrezistas aniversariantes, com David Baramidze,  Tibor Tolnai,  a Kateryna Dolzhykova,  Vitaly Valerianovich Tseshkovsky, Guðmundur Sigurjónsson, Mark Danilovich Tseitline, e Leinier Domínguez Pérez, a maioria dos quais foi já aqui destacada biograficamente.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Ruy López de Segura: 1586 – CURIOSIDADE

O jogador de xadrez Ruy López de Segura nasceu por volta de 1530, em Espanha. Ruy Lopez estudou teologia e como padre serviu a cidade de Zafra. Paralelamente dedicou-se ao xadrez, tendo frequentado a corte do rei  D. Filipe II, já como um notável escaquista.
E no ano de 1550, numa das atividades do âmbito eclesiástico,  em que teve de  fazer uma longa estada em Roma,  pode defrontar os maiores xadrezistas italianos, nomeadamente o conhecidíssimo  jogador Giovanni Leonardo di Bona da Cutri,  que também derrotou. Como conhecia o livro de Damião intitulado “libro e da impare giocare a scachi”  decidiu também escrever uma obra de xadrez que ainda se desconhece.  O mestre Ruy Lopez, que tem uma abertura como o seu nome (1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.Bb5…), nos anos de 1574 e 1975, com a presença do rei de Espanha, D. Filipe II, venceu Paolo Boi e Leonardo da Cutri. Ruy López de Segura faleceu com cerca de 50 anos, provavelmente, em 1580.

domingo, 25 de setembro de 2016

INTERNATIONAL CHESS FESTIVAL "ISLA DE LA TOJA-O GROVE"

Está a decorrer o Festival Internacional de Xadrez O Grove, de 24 de setembro até 2 de outubro, no Hotel Norat Marina&SPA, organizado pela Escola de Xadrez O Grove. 
Participam neste evento 35 xadrezistas oriundos destes 12 países: Alemanha (FM Ismael Puente e Maik Kopischke)  Arménia (GM Karen Movszidzian), Bélgica (GM Vadim Malakhatko), Cuba (GM Duany Martinez ), Espanha (GM David Neto, GM Affonso Holems, FM Julio Gomez, FM Ismael Poente, FM Marcial G Carbo, e 15 escaquista espanhóis não titulados), Finlândia (Thomas Betgman), Israel( GM Alon Greenfeld)  Itália (IM Andrea Stella), Portugal (GM Luís Galego e Armando de Sousa), Rússia (GM Evgeny Gleizerov e GM Mikhail Elybin), Sérvia (GM Aleksa Strikovic), Venezuela (IM Rafael Gascon) que dão a média Elo de 2116 pontos.
Este evento  tem na direção Natália Fernandez e o AF Eduardo Viana (árbitro principal) auxiliado pelo AF Evaristo Rodrigues Lopes.

sábado, 24 de setembro de 2016

FILATELIA – 55

Os Correios da República da da Calmúquia, Rússia, emitiram  um série de 4 belíssimos selos relacionados com os grandes do Xadrez.  
A estampilha de 20 copeques, ilustra o X Campeonato Europeu de Xadrez Feminino de 1992. 
O selo de 40 copeques, comemora a XXXI Olimpíada de Xadrez de Moscovo (Russia, 1994. 
O terceiro selo, no valor de 60 copeques, recorda um momento alto d XXXII Olimpíada de Xadrez de Erevan (Arménia, 1996). 
A última estampilha, que tem o custo de 80 copeques recorda o XI Campeonato da Europa de Xadrez por equipas.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Gerardus Hendrikus Drese: 1585 - CURIOSIDADE

O jogador de xadrez Gerardus Hendrikus Drese nasceu aos 23 de setembro de 1902, na Holanda. Como escaquista Hendrikus Drese foi agraciado com o título de Mestre Internacional pela FIDE. Como enveredou pela arbitragem alcançou também o título de IA (Árbitro Internacional).
Gerardus Drese, Paralelamente  a estas atividades  competitiva e de juiz de torneios dedicou-se a criar problemas de xadrez.   Este apaixonado pelo xadrez  ganhou o 1º Primeiro Prémio como problemista em 1933, em 1935 e  1951. O IM Gerardus Hendrikus Drese faleceu aos 9 de agosto de 1980.
Para o diagrama ao lado é pedido que as brancas deem mate em dois lances.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Martin Gohn: 1584 - CURIOSIDADE

O xadrezista Martin Gohn nasceu  ao 22 de setembro de 1957, na Roménia. Este jogador  de xadrez notabilizou-se como compositor de problemas de finais  xadrez. Muitos dos seus problemas de finais de xadrez foram publicados na "Revista Româna de Sah" (Revista Romana de Xadrez). O problema que apresenta o diagrama ao lado saiu com o número 1519, na numa página do "Deutsches Wochenschach". Quanto ao problemista  Martin Gohn sabemos ainda  que faleceu no ano de 1957.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Parte da Entrevista da WGM Dana Reizniece-Ozola

A Drª Dana Reizniece-Ozola (Elo 2243), Ministra da Finanças da Letónia, participou nas recentes Olimpíadas de Xadrez que se realizaram em Baku, no Azerbaijão, e cometeu a proeza de vencer, na 4ª ronda, a  GM chinesa Hou Yifan, Campeã Mundial de Mulheres, e número 1 no ranking feminino da FIDE, pela força Elo de 2658 pontos. Este feito escaquista foi equiparado com a façanha do xadrezista GM Eugénio Torre (Elo 2447), xadrezista de 65 anos de idade, por levar destas Olimpíadas uma medalha para as Filipinas.
A WGM Dana Reizniece-Ozola foi muito requisitada para tirar uma fotografia ao lado de muitos dos árbitros e jogadores olímpicos. Também a imprensa local conseguiu uma longa entrevista com a ministra Dana Reizniece-Ozola, falando do sucesso nestas olimpíadas, em que jogou a abertura Moderna de Tiger (o GM Tiger Hillarp-Persson  foi responsável pelo novo potencial escaquista das xadrezistas do Irão). Referenciou a atividade intensa no seu ministério, que para suavizar continua a jogar xadrez como hobby. A longo da entrevista destacou que na sua vida familiar acompanha a filha mais velha que enveredou pelo basquetebol e, em especial, da mais nova que é treinada por Vija Rozlapa, que foi o primeiro treinador de Alexei Shirov.
A simpática  Dana Reizniece-Ozola acrescentou que, como ela,  as pessoas que se dedicaram a qualquer desporto, nomeadamente ao xadrez “sabem como trabalhar duro e gerir o seu tempo”.
- Qual é a sua opinião da Olimpíada de Xadrez em Baku? Você participou em muitas Olimpíadas, como viu a organização, a hospitalidade ..., como faz a comparação? “Esta é a minha oitava Olimpíada, eu acho ... O tempo voa! É uma das melhores Olimpíadas - você pode realmente sentir que o xadrez é amado aqui! Os organizadores têm feito muito para que os jogadores se sintam confortáveis; os hotéis, a comida, a atmosfera ... Eles são apenas grandes.” (…)
- Voltando ao tema do seu trabalho como ministro das Finanças do seu país, gostaria de perguntar se você achar que o xadrez ajuda-a a fazê-lo melhor. “Xadrez ajuda muito em todas as áreas. Eu ficaria feliz se todas as crianças do mundo pudessem jogar xadrez, ou pelo menos tocar um instrumento musical. O xadrez estrutura muito bem o cérebro, e por isso ajuda em todos os lugares, especialmente na política; por exemplo, para se orientar em situações complicadas, para ser capaz de prever, para «ver, pelo menos, alguns movimentos em frente» ... Tudo isso enquanto ainda mantendo em mente as regras de fair play; isso ajuda muito na política. Além disso, se você é um jovem e entra para a política, que normalmente é um mundo de homens, o xadrez ajuda; xadrez dá a impressão de que se é uma pessoa inteligente (risos).
- Por que não sugere a seus colegas, e aos outros ministros europeus de Finanças, para organizar um campeonato entre os ministros? Que pelo jeito, e me corrija se eu estiver errado, há uma Eurogrupo - Reunião dos Ministros das Finanças dos países da EU - programada para ser realizada aqui em Baku. Quais são seus planos sobre o assunto?
"Para ser honesta, eu não tive muito tempo para a política nestes dias; quando você joga xadrez, deve concentrar-se totalmente sobre isso! O meu conselho para os Ministros - e todos os políticos - nos outros países é ... Bem, para organizar algum bom torneio é OK,…. mas eu gostaria mais de ver o xadrez ser promovido nas escolas. O xadrez nas escolas é muito, muito importante! Se os políticos poderem tomar as decisões necessárias e seguir o paradigma do exemplo de Espanha, onde os partidos políticos tomaram tal decisão e foram corajosos o suficiente para introduzir o xadrez nas escolas como disciplina regular. Este país – a Espanha -  está a beneficiar! Como eu disse, o xadrez é uma das melhores maneiras de desenvolver o cérebro e o caráter que marcará já a próxima geração!

terça-feira, 20 de setembro de 2016

A equipa A2A-Didáxis sagra-se campeã distrital de semirrápidas

No dia 18 de setembro, último, o conjunto A2A-Didáxis A (CM Ivo Dias, NM Carlos Dantas, Luís Romano e Adriano Macedo) venceu o Campeonato Distrital de Semirrápidas de 2016, com 18 pontos. A equipa vice-campeã GDR Urgeses A (NM Paulo Pinho, José Manuel Monteiro, António Araújo Silva e João Carlos Costa) fez 16 pontos. No 3º lugar posicionou-se a GDR Urgeses B (Artur Lemos, Vítor Costa, Carlos Machado e Alexandre Mano) com 13 pontos.
Nesta competição participaram mais estas 7 equipas de xadrez do distrito de Braga: A2D Didáxis B, CX Braga, CX CP Ronfe, CX João de Meira A, A2D Didáxis C, CX Barcelos e CX João de Meira B.
A AXDB (Associação de Xadrez do Distrito de Braga) com o clube de xadrez do GDR Amigos de Urgeses, organizaram este prova, de 6 rondas, ao ritmo de 15 minutos KO, que decorreu nas instalações da Vaca Negra, em Urgeses de Guimarães. A direção do evento pertenceu a Fernando Costa e a arbitragem a Carlos Vieira Dias.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Distrital Individual de Semirrápidas da AXDB 2016

O xadrezista Anatoli Khodorov (Elo 2129) do Clube de Xadrez de Braga venceu o Campeonato Distrital Individual de Semirrápidas da AXDB 2016, com 6,5 pontos.
O troféu de 2º classificado, após 7 rondas, ficou para  o jogador de xadrez José Manuel Monteiro (Elo 1856), do Grupo Desportivo Recreativo "Amigos de Urgeses", com 6 pontos, nas 7 jornadas.
E subiu ao pódio em 3º lugar o NM Carlos Dantas (Elo 2083) da AA Didaxis -A2D, ao conseguir 5,5 pontos.  Até ao 10 lugar ficaram os seguintes jogadores: António Araújo Silva (Elo 1866) GDR Amigos de Urgeses, Rui Pedro Gomes (Elo 1889), da AA Didaxis -A2D;   Carlos Machado (Elo 1699), do GDR Amigos de Urgeses, que amealhou 5 pontos de Elo; Alexei Demianchuk (Elo 1500), da AXDB; Vitor Manuel Costa (Elo 1683), do GDR Amigos de Urgeses; e, o NM Paulo Pinho (Elo 2136), do GDR Amigos de Urgeses. O atleta do CX Barcelos melhor classificado foi João Carlos Branco (Elo 1552). Pedro Silva (Elo 1275) foi o melhor classificado do CP Ronfe. Bruno Mendes (Elo 1234) foi o melhor do CX João de Meira. Simão Barroso (Elo 1370) protagonizou a maior subida de Elo, com 22 pontos.
A Associação de Xadrez do Distrito de Braga organizou, no passado dia 17 de setembro, o Distrital Individual de Semirrápidas da AXDB 2016, na Vaca Negra, em Urgeses, em participaram 46 escaquistas que deram a média Elo de 1343, no ritmo de 15 minutos KO. O diretor da prova foi Fernando Costa e a arbitragem esteve a cargo de Carlos Vieira Dias.

domingo, 18 de setembro de 2016

II Torneio Cidade de Barcelos

No próximo 1 de Outubro vai realizar-se, Escola Alcaides de Faria em Barcelos  novamente o Torneio Cidade de Barcelos, integrado no Circuito Nacional de Semi-rápidas.
Os praticantes federados desta modalidade devem proceder à inscrição  até 29 de Setembro, sem agravamento de custo, através do correio electrónico: academia@xadrezbarcelos.pt. A taxa de participação, que para seniores e veteranos  é de 8€, para Atletas da AXDB é de 7€ e para inferiores aos sub18  é de 5€, que  deverá ser paga em numerário no dia do torneio.
Esta competição, ao ritmo de 15 minutos KO para o jogador,  apresenta a seguinte calendarização:
10h00: receção e confirmação de inscrição.
11h00: 1ª ronda
11h40: 2ª ronda
12h20: 3ª ronda (Pausa para almoço)
15h00: 4ª ronda
15h40: 5ª ronda (Pausa para lanche de 30 min.)
16h40: 6ª ronda
17h20: 7ª ronda
17h50: 8ª ronda.
Pelas 18h30, proceder-se-á à entrega de prémios aos melhores classificados e o clube que levar mas xadrezistas receberá um prémio monetário de 25€
Este evento escaquista é organizado pela Academia de Xadrez de Barcelos, com a colaboração da Associação de Xadrez do Distrito de Braga, apoiado pela Federação Portuguesa de Xadrez,  União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (S. Pedro e S. Martinho), Câmara Municipal de Barcelos e Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria, onde se realizará esta prova

sábado, 17 de setembro de 2016

Neuris Delgado Ramirez: 1583 - CURIOSIDADE

O xadrezista Neuris Delgado Ramírez nasceu a 17 de setembro de 1981, em Cuba. Em 1999, jogou o Campeonato Nacional de Cuba em 2001, sagrou-se Campeão Nacional Juvenil. Representou o seu país nas olimpíadas de xadrez de 2002, 2004, 2006. Participou em vários Campeonatos Mundiais, tendo alcançado a medalha de ouro, por equipa, em Erevan, no ano de 2001. Dois anos depois foi vice-Campeão Cubano. Integrou a equipa cubana nos Campeonatos de Xadrez Pan-americano em 2003, em que alcançou a medalha de ouro. Seis anos depois trouxe, nesta prova pan-americana a medalha de prata por equipa. O GM Neuris Delgado Ramirez, que está casado com Neurisa Derlgado, possui a notável força Elo de 2618 pontos que lhe garante ser o número dois do ranking de Cuba.
Proporciona-se felicitar Neuris Delgado Ramirez por celebrar o dia de anos e também os seguintes xadrezistas aniversariantes e Xu Jun e Davd Smerdon.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

42nd Olympiad Baku 2016 (Rescaldo)

Hoje a abordagem incide sobre os xadrezistas lusófonos que participaram nas  42 Olimpíadas de Baku, e, seguindo a ordem alfabética, como é habitual, começamos pela equipa angolana.
ANGOLA partiu em 96º lugar e contou 4 xadrezista titulados e terminou na 75º posição. Que por si só, é já positiva a participação angolana.
O IM Pedro Adérito (Elo 2315), na 1ª mesa fez 5,5 pontos  e com uma performance de 2326. Amealhou 5 pontos de Elo.
O IM David Silva (Elo 2276)  realizou 5 pontos uma performance de 2183. Apesar de ter empatado  com o IM Borges Pinal (Elo 2320). Perdeu 20 pontos e Elo.
O IM Erikson Soares (Elo 2274) fez 7 pontos e uma performance de 2270. Melhorou o seu Elo em 4 pontos.
O FM  Cristiano Aguiar (Elo 2208) conseguiu 6 pontos e com uma performance de 2182. Perdeu 3 pontos, mesmo após derrotar, na última ronda, o FM Ahmad Ali Syed (Elo 2343).
A 34ª equipa era o BRASIL, com a média Elo de 2571 pontos e avançou 12 lugares no final da 11ª jornada. Este forte conjunto escaquista mostrou que o Brasil pode ir mais longe nesta disciplina.
O brasileiro GM Alexandr Fier (Elo 2634)  fez 6 pontos  e com uma performance de 2616, e perdeu 2 pontos de Elo.
O GM Rafael Leitão (Elo 2616), na 2ª mesa, também fez 6,5 pontos  e, curiosamente, uma performance de 2616. Ganhou 2 pontos de Elo.
GM Felipe Debs (Elo 2523) conseguiu 6, pontos com uma performance de 2540 que lhe permitiu arrecadar 3 pontos de Elo.
O GM Barbosa Evandro  (Elo 2509) fez 2,5 pontos em 7 jornadas e uma performance de 2367. Como se depreende a maioria dos adversários não eram fáceis, nomeadamente o GM Yangyi Yu (Elo 2725).
E também com um notável de jogo esteve o IM Diego Bernardino (Elo 2499), fez 5 pontos. Diego também defrontou, na 4ª mesa, o GM Chao Li (Elo 2746) e arrancou-lhe a igualdade. Já observa ou vaticina que, de olimpíada a olimpíada, vão aparecer mais xadrezistas deste nível a jogar no último tabuleiro. Como também encontrou pela frente um adversário sem Elo, não ajudou a melhorar o Elo a Diego Rafael Bernardino.
MOÇAMBIQUE levou uma equipa mais modesta pela média de Elo que é 2138, mas não menos aguerrida, pelo contrário!
O FM Mateus Alice (Elo 2164) fez 3,5 pontos, na 1ª mesa e efetuou uma performance de 2236. Arrecadou 9 pontos de Elo, apesar de ter defrontado 5 adversários força de jogo acima dos 2400 pontos.  Os pontos obtidos não mostram que Mateus Alice pudesse ter imposto um empate a um xadrezista de 2664 pontos de Elo, ou seja o GM Vasif Durabayli.
O CM Wilton Calicoca (Elo 2190) fez 2,5 pontos uma performance de 2150. Perdeu 24 pontos. Foi pena, porque o Wilton, mostrou que pode progredir, uma vez que arrancou um empate ao IM Filipe Pancesvki (Elo 2503).
O Ilidio Chunguane (Elo 2034) fez 4,5 pontos com uma performance de 2157 e amealhou pontos de Elo. Os adversários foram duros! E apesar de Ilídio Alberto Chunguane ter tido, logo na primeira partida, o GM Gadir Guseinov (Elo 2625), não esmoreceu. Por isso se compreende que tenha conseguido trazer o titulo de CM (Candidato a Mestre). Isto e: o Mestre FIDE é um xadrezista a pontuar acima dos 2300 de Elo. E se Ilídio somar, em cada prova, 46 pontos como leva da Bacu, vai ser rápido!
O CM Donaldo Piva (Elo 2164), fez 3,5 pontos, em 9 jogos – todos este olímpicos moçambicanos fizeram 9 jogos – e performance de 2157. Perdeu 5 pontos na sua força Elo.
E, por último, Milton Botão (S/elo) fez 1,5 pontos.com uma performance de 1706 e sai na próxima lista da FIDE a pontuar. O que não deixa de ser positivo também e se olharmos ao valor dos adversários, vê-se que a tarefa não foi fácil. Um xadrezista sem Elo, vencer Kurt Muendle (Elo 1857) e arrebatar um empate a CM Viana Medina, é obra!
SÃO TOME E PRINICIPE participou apenas com uma equipa masculina nestas olimpíadas e fez, no global, uma boa participação. O conjunto santomense com a média Elo de 1832, foi posta no 156º lugar. Esta equipa saiu destas olimpíadas no 130 lugar, o que foi muito bom!
O CM José Manuel da Costa (Elo 1960), fez 4 pontos e como perdeu 6 partidas, baixou o Elo em 44 pontos, apesar da performance ter sido de 1859.
O xadrezista Waldiyr Espirito Santo (Elo 1995) fez 4,5 pontos e a performance de 1923. Mas isto não espelha que Waldiyr pudesse ter ganho ao FM Zozek Salah Mohamed (Elo 2251). A sorte não o acompanhou, já que jogou para sair titulado.
O CM Osvaldo Lima (Elo 1782) fez 5 pontos com uma performance de 1893. Amealhou 21 pontos de Elo.
Na 3ª mesa Adelino Semedo (Elo 1671) fez 3,5 pontos em 5 jogos e uma performance de 1803, melhorou a força Elo em 45 pontos, que foi a 32º maior subida. Aqui a sorte não o bafejou, já que também jogou para sair titulado!
O José Rita (Elo 1625) fez 0,5 ponto ao empatar com Vang Finnbjorn (Elo 2067), foi o suficiente para amealhar 14 pontos de Elo. José Rita fez 3 jogos. Esta participação santomense deve, naturalmente, motivar para que xadrez tenha mais praticantes no arquipélago.